Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

Conheça os 3 tipos de Leads

E aí pessoal, tudo bem? Se você passou pelo nosso blog recentemente, já deve ter entendido um pouco sobre um dos nossos temas favoritos, o E-mail marketing. Essa ferramenta é uma alternativa super assertiva para captar e qualificar os tão cobiçados leads, que podem se converter em clientes para sua empresa.

Porém, assim como qualificamos para quem enviar um E-mail marketing, devemos qualificar os leads que obtivemos, para podermos manter uma comunicação ideal para cada parcela.

Os leads são divididos em Seeds, Nets e Spears. Conheça-os:

 

Seeds

Seeds são os leads com a maior taxa de conversão dentre os 3 exemplos. Eles são frutos de uma estratégia de marketing de conteúdo bem planejada. Ou seja, é um cliente que foi captado, gerou uma relação de interesse com uma empresa e finalmente tornou-se cliente. Esse tipo de lead obviamente é difícil de conseguir.

Ele precisa passar pelo seu conteúdo, apreciá-lo. Geralmente, o contato com esse tipo de lead se dá através de uma landing page. Por exemplo, você pode oferecer um E-book com conteúdo de interesse, recebe o contato desse potencial cliente (como nome e e-mail, por exemplo) e assim vai construindo essa relação. É um processo digamos, mais “demorado”, porém efetivo: Seja paciente no cultivo dos seus Seeds.

 

Nets

Os nets são adquiridos pelas formas mais clássicas de marketing. Listas de e-mail e Adwords são algumas dessas possibilidades. Aqui  não se cultiva essa relação tal qual a dos Seeds com o cliente; é um contato mais direto.

De forma geral, são os tipos de leads mais atraídos pelas agências atualmente. Se você busca Nets, é preciso que que você vaporize sua comunicação por todo e qualquer lugar dentro da internet em que seu cliente em potencial se encontre. Redes sociais são imprescindíveis nesse processo. Podem gerar resultados, desde que o público seja bem construído.

 

Spears

Os Spears geralmente são obtidos em uma relação de venda direta da empresa com o cliente. O ideal é que uma equipe de vendas seja delegada para essa tarefa. Assim, não sobra espaço para a produção de conteúdo ou geração de relacionamento, o que não implica que se deva atirar proposta para todo e qualquer cliente. É preciso escolher um segmento, buscar informações pontuais de cada contato, etc. Logo há uma previsibilidade no sucesso da venda.

 

Agora que você sabe os tipos de leads, fica mais fácil definir como agir com cada cliente e futuro cliente seu. Não existe lead bom ou ruim, o que existe é uma adequação a sua estratégia, ao seu produto ou serviço.

Continue acompanhando nosso blog, em breve teremos mais novidades.

 

Continue Lendo
Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

Landing Pages: o que são e como usar?

Não, não estamos falando da pista de aterrizagem de um avião. Apesar de o nome ser parecido – “landing” é a palavra em inglês -, estamos nos referindo a um dos grandes truques atuais do marketing digital. As landing pages são a página de destino para um determinado anúncio, email ou divulgação. É como se elas fossem a “página de pouso”, onde o usuário irá cair após alguma ação.

A empresa vai usar a página para receber as visitas de um link divulgado através de uma campanha patrocinada. Desta forma, ela acaba conseguindo dados referentes ao visitante daquela promoção com maior velocidade e mais detalhada.  Na maior parte das vezes, você mal tem acesso a informações específicas do seu público. Com as páginas, o processo é facilitado.

Seu principal objetivo é o de oferecer uma página direcionada e otimizada para aquelas pessoas que estão caindo de surpresa na página. Como eu faço para construir uma boas landing pages para o meu negócio? É o que Ângulo Digital te mostra aqui.

Textos objetivos

As landing pages têm como principal meta converter o clique do público-alvo em fidelização. E ela só conseguirá alcançá-la se for realmente eficiente. Para isto, o texto deve ser muito objetivo. As informações devem estar expostas de maneira clara e organizadas.

Call to Action nas Landing Pages

Toda landing page precisa ter uma chamada para o visitante finalizar o cadastro. “Cadastre-se agora”, “compre já” e afins cumprem bem este requerimento.

Faça testes

O sucesso de uma landing pages vai depender bastante do seu público. Será que você o definiu bem antes de montar a sua página especial? Por isso, é importante realizar testes e fazer algumas operações antes de colocá-la ao ar.

A Ângulo Digital conhece as estratégias fundamentais para os seus negócios serem bem sucedidos. Quer colocar um site no ar, mas ainda não sabe como atingir aquele target? Marque uma consultoria conosco, que vamos destacar a sua companhia na internet.

Continue Lendo
Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

O que são leads e como gerá-las

No mundo do marketing digital existem alguns termos que são repetidos com frequência, mas é provável que nenhum deles receba tanta atenção quanto os famosos “leads”. Seja em uma empresa de construção civil ou em um consultório médico, no momento em que você entra no mundo do marketing online, essa palavra começa a ser importante para seu vocabulário. Mas se você ainda não está familiarizado com ele, veio ao lugar certo, pois vamos te ajudar a entender o que são leads de uma vez por todas. Acompanhe o post de hoje!

Afinal, o que são leads?

Entender o significado desse termo é muito mais simples do que parece. Leads não são nada mais do que contatos que sua empresa conquista. São pessoas que demonstraram algum interesse nos produtos e serviços da sua empresa e ofereceram suas informações de contato por isso. Ou seja, leads são clientes em potencial!

Por que gerar leads é tão importante?

O que qualquer empresa mais quer é conseguir conquistar novos clientes, fazendo com que pessoas se interessem pelo que ela tem a oferecer. Ao investir em marketing digital, isso é feito através de ferramentas que a internet proporciona, como sites, mídias sociais e anúncios online.

Mas tome cuidado! Leads não são simples visitantes ou curtidores da sua rede social. Seu site empresarial pode receber milhares de visitas todos os meses, mas se você não conseguir transformá-los em leads, dificilmente vai conseguir vender algo para eles.

Por isso angariar contatos é algo tão essencial para qualquer negócio. Somente assim será possível descobrir quem são as pessoas que buscam informações sobre sua empresa e saber se elas podem estar interessadas em seus serviços. E a partir da geração de leads é que novas vendas serão feitas.

Como gerar leads para sua empresa?

A principal forma de geração de leads no marketing digital é a landing page. Essa é, basicamente, uma página de cadastro do site em que a pessoa oferece suas informações de contato em troca de algo especial, que geralmente é um conteúdo exclusivo, como um ebook ou um whitepaper.

É importante que sua landing page transmita credibilidade e segurança para o visitante, garantindo que ele perceba que pode confiar seus dados para o site. O conteúdo ou outro brinde que será oferecido também deve valer a pena e ser atrativo. Isso aumentará suas chances de gerar um lead.

E o que fazer depois?

Depois de conquistar o contato do visitante, você já pode considerá-lo um lead. Porém, o trabalho não acaba aí, pois ainda é preciso conseguir guiá-lo até a venda. Para isso, você deve primeiramente diferenciar dois tipos de leads: o qualificado e o não-qualificado.

O lead qualificado é aquele está mais próximo da compra. Ele apresenta características que demonstram que ele tem uma necessidade que seu produto ou serviço poderá atender e está mais disposto a fechar negócio. O não-qualificado é justamente o contrário, pois ele ainda não está ou nunca estará pronto para comprar, sendo um contato que não está amadurecido o suficiente para ser abordado por um vendedor.

É sempre importante trabalhar com a qualificação de todos os leads, mas aqueles que realmente importam para o setor comercial de uma empresa são os qualificados. Eles serão os que estão mais aptos para receberem informações mais próximas de ofertas e até mesmo um contato de venda.

Para garantir o sucesso nessa estratégia, é essencial que as equipes de marketing e vendas estejam muito alinhadas e tenham objetivos em comum. O Marketing da empresa deve ter metas para gerar leads qualificados e repassá-las para o setor comercial. Este, por sua vez, deve saber como atender os contatos que recebe com qualidade para fechar uma venda. Deve também informar ao time de marketing se os leads recebidos realmente valeram a pena e que tipos de pessoas oferecem um retorno mais fácil. Assim será possível identificar cada vez mais quais são os contatos com mais perfil de lead qualificado.

E agora, já entendeu o que são leads e tirou suas dúvidas sobre o assunto? Então comece logo a trabalhar em sua estratégia de geração de leads! E não se esqueça de compartilhar com a gente nos comentários suas experiências com marketing digital.

Continue Lendo
Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

KPI’s para marketing digital: Veja os indicadores para suas campanhas

Uma das principais características das campanhas de marketing digital é a possibilidade de acompanhar os resultados através de indicadores de performance. Ao contrário das métricas, que são dados coletados referentes a diversos comportamentos do usuário, os indicadores-chave de performance (ou KPI’s) são indispensáveis para determinar se os objetivos estabelecidos para a sua campanha estão sendo alcançados.

Basicamente, uma métrica se torna um KPI quando ela é relevante para o seu negócio, mas quais indicadores acompanhar em uma campanha de marketing digital? Confira agora os principais indicadores para você ficar de olho!

Leads geradas

As leads são visitantes que forneceram algum tipo de informação para o seu empreendimento e se tornaram uma oportunidade de negócio para o time de vendas. O objetivo mais comum em campanhas de marketing digital e inbound é gerar leads, portanto é preciso acompanhar constantemente se as metas estão sendo batidas e se o número de leads geradas é satisfatório.

Custo por lead

Cada lead gerada tem um custo, e acompanhar quanto cada uma delas custa ao seu negócio é a melhor forma de saber se o seu investimento está valendo a pena. Se uma lead custa mais do que o lucro que o seu negócio tem com ela, é preciso repensar os esforços e gastos.

Tráfego total

Para gerar leads e vender mais é preciso atrair mais visitantes para o seu site. O tráfego total mostra quantos usuários acessam as suas páginas diária, semanal ou mensalmente. Mais acessos são mais oportunidades de transformar esses visitantes em leads ou em leitores constantes do seu blog, por exemplo.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico permite o acompanhamento do tráfego adquirido através de buscas por palavras-chave relacionadas ao seu negócio feitas em buscadores como o Google e Bing. Acompanhar esse tipo de tráfego é indispensável, principalmente em campanhas de marketing de conteúdo.

Ticket médio de compra

Em e-commerces, o preço médio das compras realizadas por seus clientes é um indicador importante de ser acompanhado para determinar se a precificação dos seus produtos ou as suas ofertas, promoções e descontos estão performando como desejado. É comum estabelecer um ticket médio desejado e trabalhar para que as compras atinjam essa quantia.

Taxa de conversão

A taxa de conversão mostra quantos usuários realizaram uma ação determinada por você que é importante para o seu negócio e o objetivo da sua campanha. A conversão pode estar relacionada a qualquer ação desejada dentro do seu site, blog ou loja virtual. A taxa de conversão mostra quantos usuários interagiram com o seu conteúdo e demonstraram interesse em seu produto ou serviço. A conversão de visitantes em leads é um acompanhamento muito comum e a conversão de visitantes em clientes em lojas virtuais também é muito importante.

Os KPI’s para marketing digital são grandes aliados do seu time de marketing, pois permitem ter uma visão clara dos resultados e do desenvolvimento das suas campanhas. Não é preciso utilizar todos os indicadores-chave de performance disponíveis, mas sim escolher os que são mais importantes para o seu objetivo e trabalhar para otimizar seus esforços a partir deles.

Para acompanhar as atualizações do nosso blog, curta a página do nosso Facebook e continue acompanhando nossos artigos. Aproveite para deixar suas experiências com KPI’s nos comentários!

Continue Lendo