Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

Descubra a diferença entre os sites responsivos e os sites mobile

Sites e blogs estão com dias contados para tornarem-se “mobile friendly”.

Recentemente o maior buscador do mundo, o Google, anunciou que, seus algoritmos de ranqueamento passou a priorizar sites responsivos ou com versão mobile. Isso significa, na prática, que mais do que um site otimizado com técnicas de SEO e um bom conteúdo, sua página precisará estar totalmente adaptada para os diversos dispositivos móveis para não perder posições no ranking do buscador. E para isso, existem duas soluções possíveis: tornar seu site responsivo ou criar uma versão mobile dele.

Entenda neste post o que diferencia uma opção da outra.

Sites mobiles

Responsivo ou mobile, uma coisa é certa, ambos compartilham do mesmo objetivo: oferecer ao usuário uma experiência de navegação totalmente otimizada em seus dispositivos móveis. No caso do site mobile a arquitetura da página precisa ser duplamente elaborada: além do site padrão para desktops, ele terá uma segunda versão, com design pensado para os dispositivos móveis.

A grande vantagem do site mobile é que você tem total liberdade para programar uma versão com funcionalidades e plugins específicos para beneficiar quem navega pelo celular e tablet, por exemplo. Obviamente, o conteúdo, o domínio e a identidade visual serão os mesmos, mas é possível oferecer uma experiência de navegação única e otimizada para quem acessa pelo celular. Como? Definindo estratégicamente o posicionamento do menu para smartphones (lembre-se que a área nobre da tela de um smartphone não é a mesma da tela de um desktop), por exemplo, criando botões como “Adicionar ao Carrinho” ou “Comentar” com tamanhos especiais para telas de celular, entre outros.

Por outro lado, quem opta por ter uma versão mobile de seu site estará lidando com o desafio de fazer SEO para mais de uma URL já que, neste caso, todo o conteúdo da versão mobile terá sua própria URL. Da mesma forma, a análise e acompanhamento dos resultados de audiência viaGoogle Analytics tende mais complexa já que você terá que cruzar os resultados do site padrão e da site mobile.

Para definir qual versão da página apresentar ao usuário (mobile ou padrão) o próprio site receberá uma programação de identificação automática do dispositivo de acesso e encaminhará o usuário para a versão ideal.

Sites responsivos

Ao contrário do site mobile, o responsivo terá apenas uma arquitetura e design, mas que receberá uma programação específica para se adaptar ao tamanho e à resolução da tela em que for aberta. Assim, independente do dispositivo usado para acesso, o site irá se adequar para que seja corretamente visualizado (sem que o usuário tenha que ficar acionando as barras de rolagem horizontal e dando zooms) tanto em desktops, quanto em tablets, phablets e smartphones.

Diferente do site mobile, o usuário que acessa um site responsivo verá exatamente a mesma coisa que veria se estivesse navegando via desktop. Quer entender melhor? Abra em seu computador o blog da 1line e reduza a tela para mais ou menos o mesmo tamanho da tela do seu celular. Em seguida, abra o mesmo site no seu smartphone e compare o que você vê. Como vai perceber, você irá visualizar a mesma coisa, e não precisará utilizar zoom nem acionar as barras de rolagem para ler nosso conteúdo. Se o site da 1line não fosse responsivo, você teria apenas uma miniatura da página em tela cheia.

Qual é a melhor opção?

Infelizmente não existe uma maneira de dizermos se a melhor solução para o seu canal é o site móvel ou responsivo. Cada empresa tem suas necessidades, desafios e, claro, budget disponível para isso.

A adaptação de um site pronto, tornando-o responsivo, pode ser muito interessante para quem já tem um canal no ar e não quer começar tudo do zero. Por outro lado, para quem ainda está planejando lançar um site ou blog, considerar a opção mobile é uma alternativa, então certamente vale a pena fazer um orçamento. E se você não tem certeza se o seu site já é mobile friendly, o Google te ajuda a descobrir! Acesse sua ferramenta gratuita de Teste de Compatibilidade, digite sua URL e analise os resultados.

Para uma análise ainda mais completa do seu site, a 1Line oferece outra ferramenta totalmente gratuita de diagnóstico de marketing digital! Clique aqui para conhecer!

Continue Lendo
Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

3 passos para sua empresa usar bem o Facebook

Estar na rede social ajuda a melhorar o relacionamento com o consumidor e divulgar sua marca.

O Facebook oferece diversas opções de recursos para empresas relacionarem-se com clientes e divulgarem produtos e serviços. Segundo recente pesquisa realizada pelo Facebook Brasil, a rede social já conta com mais de 54 milhões de usuários no país.

Confira algumas dicas para acertar na hora de colocar sua organização na rede social:

1. Tenha uma página no Facebook

Muitas empresas têm perfis pessoais ao invés de páginas e, assim, acabam não utilizando todos os recursos disponíveis. As páginas de empresas no Facebook fornecem estatísticas detalhadas sobre público e conteúdo, não têm limite de fãs e permitem anúncios, entre outros recursos.

Ao criar uma página, você deve utilizar a categorização correta. São mais de 150 opções de categorias e cada uma vai dar características diferentes à página. Por exemplo, se você cadastrar sua empresa como “negócio local”, seus clientes poderão dar check in em seu estabelecimento através de smartphones.

2. Conectando-se com comunidades

Sua empresa tem uma causa capaz de agregar o público em torno dela? Então, talvez você deva considerar a atuação em grupos do Facebook. Seja no caso da criação de uma comunidade própria ou na participação em grupos que falem sobre assuntos relevantes para a marca, é importante estar preparado para se relacionar. Estar na rede social ajuda a melhorar o relacionamento com o consumidor e divulgar sua marca ativamente com o seu público.

3. Conheça a plataforma de anúncios do Facebook 

Utilizando os anúncios, você consegue atingir audiências altamente segmentadas, com um investimento bem inferior ao de mídias tradicionais. As mensagens são direcionadas não só para uma audiência de determinada localização, gênero e idade, mas também pelos interesses pessoais dos usuários.

Continue Lendo
Ângulo Digital | Ângulo Digital a melhor agência de Marketing Digital de Fortaleza

É possível usar o Whatsapp em Marketing Digital?

É quase impossível você estar na rua e, ao olhar para o lado, se deparar com alguém que não esteja utilizando um smartphone, seja para entretenimento ou para se comunicar com outras pessoas por mensagens de texto.

Um dos aplicativos de mensagem instantânea mais utilizados pelos usuários de smartphones no Brasil é o Whatsapp, que permite também compartilhar fotos, áudio, vídeo e fazer chamadas de voz. Por ser tão versátil, o app vem sendo utilizado também por empresas que querem propagar sua marca na rede e fidelizar seus clientes através de uma comunicação direta.

Portanto, é possível, sim, utilizar o Whatsapp em marketing digital. Para reforçar essa ideia, vamos mostrar como você pode usá-lo e que cuidados você deve tomar para tirar o melhor proveito dessa ferramenta. Confira!

Faça um planejamento estratégico

Desde o tempo em que o e-mail era a principal forma de comunicação online, já sabemos que o spam não é nada eficaz como forma de divulgação, afinal, a pessoa não quer receber mensagens que não são do interesse dela ou de quem ela não deu permissão. Pelo contrário, esse tipo de venda a qualquer custo pode fazer com que os clientes tenham uma imagem negativa de sua marca, sendo difícil reconquistar o usuário.

Assim como com qualquer outra plataforma, a utilização do Whatsapp como estratégia de marketing digital deve ser planejada, para que não seja usada de forma invasiva, mas como uma forma de facilitar a comunicação entre empresa e cliente. Além disso, é importante verificar se o aplicativo vai gerar o retorno que seu negócio necessita.

Não fique deslumbrado

Apesar de o Whatsapp, enquanto ferramenta de marketing, ser uma novidade, ele é apenas uma das formas de marketing e, portanto, não deve ser a única a ser usada — até porque ele tem suas limitações. Faça a integração do aplicativo com outras redes sociais já utilizadas com essa finalidade, como blog, facebook, twitter e youtube, de modo a construir uma rede estratégica que atingirá seu público de formas mais diversas.

Seja criativo

A plataforma possui diversas ferramentas para que você possa usufruir da melhor forma possível, a fim de divulgar seu serviço para consumidores fiéis ou em potencial. Divulgue informações relevantes ao público que tenham relação com seu serviço através de mensagens ou vídeos, por exemplo, de forma criativa. Se sua estratégia for boa e o público se identificar, é bem provável que eles falem bem de sua marca para outras pessoas.

Apenas tome cuidado com os excessos, afinal, o Whatsapp é visualizado com muita frequência pelo usuário e ele pode se cansar, por exemplo, ao pegar o celular na expectativa de ser aquela mensagem que ele tanto esperava e se decepcionar com outra divulgação do seu serviço no mesmo dia.

Saber a opinião do consumidor

Assim como o facebook e o twitter, o Whatsapp pode ser uma ferramenta poderosa na tarefa de comunicar-se com o cliente e ouvir o que ele tem a dizer sobre o produto ou serviço que adquiriu.

O Whatsapp é uma ferramenta vantajosa para o marketing digital por ser exclusiva para troca de mensagens instantâneas e propiciar um contato mais direto e imediato com o público, o que não acontece em outras redes. Ele é, definitivamente,  um excelente meio para o marketing de relacionamento, mostrando que a marca é acessível e está sempre à disposição dos clientes.

Se você ainda não usa essa ferramenta na sua estratégia de divulgação, já é hora de repensar e incluir o Whatsapp! E para te ajudar a encontrar a estratégia perfeita para a sua marca, procure sempre trabalhar com profissionais especializados em desenvolver estratégias para o marketing digital de seu negócio. Eles saberão a melhor forma de divulgá-lo e gerar os melhores resultados!

Você já utilizava o Whatsapp em marketing digital? Então deixe seu comentário contando sobre a sua experiência com essa ferramenta!

Continue Lendo